Aos poucos o tráfico vai retomando o controle dos morros no Rio de Janeiro e UPP’s passam a ser inúteis aos olhos da população

Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) nome pomposo para um instrumento que por um instante levou aos cidadãos de bem do Rio de Janeiro, um alento de esperança contra a bandidagem e a violência na Cidade Maravilhosa. Aos poucos os traficantes vão retomando o controle dos locais, antes inatingíveis pelo estado e suas políticas públicas que deveriam privilégiar as comunidades mais carentes com direitos básicos, como saúde, educação e segurança.

Bandeiras hasteadas no local onde ficará a sede da UPP da Vila Kennedy, no Largo do Leão

Ideia ótima, mas que na prática não se impôs perante a força que tem o crime organizado nos morros do Rio de janeiro, as últimas informações´dão conta que os próprios políciais estão sofrendo na pele, muitos estão sendo mortos pelo tráfico e as comunidades vão aos poucos se tornando de novo, lugares perigosíssimos para quem mora lá ou pensa visitar as ditas comunidades pacificadas.

A violência que vem tomando conta do estado do Rio de Janeiro impressiona pela total falta de capacidade do estado em resolver o problema, não por falta de boa vontade ou planejamento, o Governo de Sérgio Cabral até demonstrou ter ótimas ideias para combater o crime, mas do outro lado tem bandidos sem cultura, mas muito bem aparelhados para o enfrentamento.

O governo paralelo instituido pelas facções criminosas vão aos poucos ocupando espaços, acuando a população, eliminando políciais e colocando em xeque aos olhos do cidadão, a eficiência das ações das UPP’s na cidade do Rio de Janeiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s